Notícias de Oeiras no Mural da Vila

Numero
Geral

Assis Carvalho volta a atacar os 'golpistas' e PP de Ciro Nogueira vai responder ataques

Ataques começaram após o impeachment de Dilma Rousseff.

11 de Agosto de 2017 às 23h59 Imprimir

Atualizada em 14/08/2017 às 16h47

 Presidente estadual do Partido dos Trabalhadores, o deputado federal Assis Carvalho, voltou a sua artilharia contra aliados que ajudaram a derrotar, em Miguel Leão, no último domingo, o candidato do PT, Jaílson Sousa, que obteve 625 votos, contra 663 de seu adversário, Roberto Cesar de Arêa Leão Nascimento, do PR , que tinha o apoio do senador Ciro Nogueira, presidente nacional do PP, partido que foi decisivo no impeachment de Dilma Rousseff.

O ataque de Assis Carvalho ocorreu uma semana depois que o secretário de Governo, Merlong Solano, homem de confiança de Wellington Dias, deu entrevistas afirmando que a base de apoio ao Governo será mantida e que as posições de aliados com relação ao Governo Federal não causarão problemas na coligação local.

Assis Carvalho postou o seguinte na sua conta do Instagram: "Por que Lula é tão querido? Porque Lula dá a uma cidade pequena, como Miguel Leão, a mesma atenção que dá a uma capital. Os golpistas se uniram para atrasar Miguel Leão, inclusive se aliando às forças cearenses de Parambu, que se mudaram para lá! Isso não é estranho? Mesmo assim foi um resultado apertado de um império financeiro que se transferiu para lá contra uma pessoa humilde como Jailson. Uma vitória de Pirro. Esperamos que o TRE faça justiça".

PP de Ciro vai revidar ataques 

A direção do Partido Progressista ( PP ) decidiu: não aceitará mais "ofensas e agressões" principalmente do deputado federal Assis Carvalho , presidente estadual do Partido dos Trabalhadores, que não perde uma oportunidade de rotular o partido de "golpista" ainda em alusão ao impeachment de Dilma Rousseff, quando a agremiação de Ciro Nogueira foi decisiva para tirar a petista do poder.

Agora "é bateu, levou", avisou um dos dirigentes do PP, explicando que o partido não está preocupado se as relações com o governo vão ficar arranhadas. "A culpa não é nossa, já aguentamos demais".

Veja mais notícias sobre Geral.

Fonte: Feitosa Costa  |  Edição: Redação Oeiras

Comente através do Facebook
Veja também

Assis Carvalho volta a atacar os 'golpistas' e PP de Ciro Nogueira vai responder ataques Ataques começaram após o impeachment de Dilma Rousseff. 11 de Agosto de 2017T08/11/2017T23:59
http://www.muraldavila.com.br/imgs/logomarca-interna2.png Mural da Vila
336 255
Veja Noticias de Sua cidade:
Posto Chico Lila AcquaBox Lojas A Credinorte Passe a Limpo - Gráfica rápida Casa do Frango Honda Direito Paraiba Leal Lanches e Cia Supermercado Alternativo Frigoleme Bio